segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

O Deus da aliança odeia o divórcio...





"Não aguento mais viver com ele(a)!"
Esta frase vem de casais, que após várias discussões, brigas e tentativas inglórias de salvar o casamento, entregam os pontos e partem rumo à separação. As estatísticas afirmam que dez anos atrás, havia menos de 100.000 divórcios no Brasil. Hoje são cerca de 200.000, e de cada dez casamentos em pelo menos um deles um dos cônjuges está se casando pela 2ª vez. Neste artigo, quero refletir com o leitor sobre o divórcio e gostaria de fazê-lo respondendo a três perguntas:

I) O que é o casamento aos olhos de Deus?
II) O que Deus pensa do divórcio?
III) Quais as causas do divórcio?

I - O que é o casamento?


Não há como discutir a questão do divórcio, sem antes entendermos biblicamente o casamento. Podemos afirmar que ele é uma instituição que nasceu no coração de Deus. Este é um princípio bíblico sobre o casamento - ele foi ordenado por Deus, não se trata de uma opção.
Pensamentos limitados do que seja o casamento:

1. O casamento é uma cerimônia pública realizada na Igreja.
2. O casamento é uma exigência legal do país e do meio social.
3. O casamento é um contrato entre duas partes.
4. O casamento é uma instituição.

O casamento aos olhos de Deus deve incluir tudo isto, porém vai além. O casamento é uma aliança. Aliança é o termo Bíblico que descreve a relação homem e Deus no processo de salvação. Nas Escrituras, uma aliança é um pacto solene que envolve um soberano e um vassalo. A aliança é imposta ao segundo pelo primeiro e acarreta bênção quando cumprida e maldição quando quebrada.
Quando alguém entra numa aliança, assume um inescapável compromisso. A Bíblia fala que Deus fez uma aliança conosco. E essa aliança é um vínculo inquebrável com Deus. Deus não quebra aliança e não nos permite quebrá-la também. Quando alguém que está em aliança com Deus, desobedece e não aceita as condições estipuladas por esta aliança, a conseqüência é a maldição, mas Deus não quebra Sua aliança.

O casamento, portanto, é nada menos que uma aliança estipulada por Deus. Malaquias 2:14 se refere ao casamento como uma aliança "E perguntais: Por que? Porque o Senhor foi testemunha da aliança entre ti e a mulher da tua mocidade, com a qual tu foste desleal, sendo ela a tua companheira e a mulher da tua aliança" e é por isto que Ele odeia o divórcio. No livro de Provérbios (2:17), Deus adverte contra a adúltera que lisonjeia com palavras, que "deixa o amigo da sua mocidade e se esquece da aliança com Deus". Note bem, ao deixar com quem ela se casou, é acusada de quebrar sua aliança.

O casamento é uma aliança, e por isto não podemos tratá-lo a nosso próprio gosto.

II - O que Deus diz sobre o divórcio?

O pensamento correto sobre a natureza do casamento dá o alicerce para sabermos o que Deus pensa do divórcio. Se o nosso Deus é um Deus de aliança, e Ele não quebra nem permite quebra de aliança, também não permite que o casamento seja quebrado. Como Deus não se divorcia do seu povo, assim ele não permite que marido e mulher se divorciem. Divorciar-se é quebrar o matrimônio da Aliança - Lemos em Ml 2:16 "Porque o Senhor Deus de Israel diz que odeia o divórcio ..."
Precisamos compreender o texto de Mt. 19:1-7 em que Jesus diz que o divórcio é proibido mas que foi permitido por causa da dureza do coração. Deus nunca intencionou o divórcio, pois este contraria a essência do casamento como uma aliança que nunca deverá ser quebrada, anulada. Você então pergunta: Por que foi dada a permissão para o divórcio conforme Mt. 19:7.

Jesus responde em 19:9 - "Quem repudiar sua mulher, não sendo por causa de relações sexuais ilícitas, e casar com outra comete adultério ...". Note bem que a única razão para o divórcio conforme Jesus é o adultério, e isto para proteger a parte inocente, e não para dar às pessoas uma maneira fácil de cair fora de um relacionamento desagradável. Fora do adultério, o casamento só pode ser dissolvido em honra, somente pela morte. Divórcio é o atestado do pecado humano.

O casamento é para todo o sempre - Em Mt 19:6 Jesus afirma que "... "aquilo que Deus ajuntou não separe o homem"
Ele permitiu mas não deu a Sua bênção. Mesmo no caso de adultério, devemos perceber que o caminho de Deus não é o divórcio mas o perdão. Embora permitido, não é Seu desejo.

III - As causas do divórcio:

Se divórcio é o atestado do pecado humano, precisamos agora colocar algumas das mais freqüentes razões humanas para a separação. Quais são as razões ou causas da separação entre os casais? Gostaria de mencionar pelo menos quatro causas:

1. Descuido da vida cristã dos cônjuges
2. Ausência do perdão
3. Indisposição à mudanças necessárias
4. Ausência do amor

1 - Descuido da vida espiritual dos cônjuges:

Um escritor do século passado, certa ocasião disse à sua esposa: "Minha querida, quando amo mais a Deus, amo você da maneira como deve ser amada". Quanto há de verdade nesta afirmação! Quanto mais nos aproximamos de Deus, mais nos aproximamos do nosso cônjuge.

A crise em um casamento já é sintoma de que há uma crise espiritual. Lemos nas Escrituras que "se o Senhor não edificar o lar em vão trabalham os que o edificam" Sl 127:1. Nosso casamento precisa ser regado à oração e leitura da Palavra. Qual foi a última vez que você orou com seu cônjuge? Quando foi que vocês sentaram juntos para estudar a Palavra de Deus?
Se não damos lugar a Deus no relacionamento marido-mulher, não há muito o que fazer para resistir à crescente degradação e enfraquecimento da relação a dois.

2 - Ausência de perdão:

Sem a disposição para o perdão, nenhum casamento consegue sobreviver por muito tempo. Quantos comentários negativos que aparentemente são inofensivos, mas vão penetrando sorrateiramente no relacionamento infligindo mágoa e ressentimento e destruindo os sentimentos mais ardorosos.

Quantos problemas antigos e mal resolvidos sempre voltam às discussões atuais. Quando o cônjuge permite que os fantasmas do passado continuem assombrando o presente, reavivando antigas amarguras, eles fazem com que as cicatrizes e feridas passadas não se fechem e se curem.
Quem não perdoa está matando aos poucos o sonho do casamento. (Cl. 3:13).

3 - Indisposição à mudanças necessárias:

Se formos bem honestos, teremos que admitir que nem tudo em nosso cônjuge nos agrada. Há hábitos, manias, comportamentos que nos irritam e nos tiram do sério. Porém isto é normal em qualquer casamento. Precisamos aceitar o fato de que somos diferentes do nosso cônjuge em muitas coisas, afinal viemos de famílias diferentes,de costumes e valores que nem sempre são os mesmos. Não obstante termos diferenças que são de nos mesmos, há muitas coisas em que precisamos ser mudados, e o que causa tensão no casamento é que os cônjuges não querem mudar, não se dispõem a mudanças necessárias para o bom convívio entre marido e mulher; pelo contrário, concentram grande esforço em tentar mudar o outro. Tal atitude cria fortes resistências, o cônjuge não muda e começa a cobrar mudanças no outro, acentua os defeitos e minimiza as qualidades.

4 - Ausência de amor:


"Eu não o amo mais". Esta é uma frase comumente usada pelos cônjuges em crise para dar plausibilidade e legitimidade ao divórcio. Mas como tudo o que é dito nas Escrituras, o amor também sofre de má compreensão. O amor não é um sentimento para ser vivido apenas em bons momentos a dois, ou só na lua-de-mel. Conforme Cristo disse, o marido tem que amar a esposa como Cristo amou a Sua Igreja - dando sua vida por ela. Amor é a decisão de agir em favor do outro. Temos que abandonar aquele tipo de amor-fantasia, amor de novela, amor emocional. Amar é desempenhar atos de amor. Amar é ser gentil com o cônjuge, é procurar atender às necessidades do outro, é saber ouvir, é ser paciente, é não procurar seus próprios interesses, é não ser egoísta, é não mentir ao outro, é ter palavras de elogio e não de crítica, etc. ... A ausência destas atitudes sufoca e estrangula o casamento.

O divórcio não oferece uma oportunidade fácil de começar uma vida nova. Lembre-se que sempre que desobedecemos a Deus sofremos conseqüências. Você leva cicatrizes do divórcio consigo para sempre.

Note as palavras de um irmão após alguns anos de seu divórcio:
"Acho que a morte é mais fácil de suportar do que um divórcio, porque nela existe um fim. O divórcio simplesmente não acaba".

A Bíblia afirma inegociavelmente: "aquilo que Deus ajuntou não separe o homem". Ferir este princípio é atrair desastrosas consequências.

Alguma coisa a mais ainda poderia ser dito aqui sobre este assunto; talvez algumas medidas de prevenção. Contudo, entendo que a melhor maneira para se prevenir ao divórcio é começar combatendo as suas causas: Monitore sua vida espiritual e comece a levar Jesus para dentro de seu casamento, aprenda a perdoar ao invés de guardar ressentimentos, esteja disposto a promover mudanças significativas em seu relacionamento, ao invés de cobrar mudanças, e tome a decisão de amar seu cônjuge.
Que o Deus da aliança abençoe seu casamento !

Fonte: Amor Conjugal


quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Na onda do Keep Calm...



Esses quadrinhos estão na moda e aproveitando...criei esse!
"Manter a calma e prosseguir para o alvo...JESUS"
Pode copiar à vontade! Aproveita e enfeita seu blog também!!


Bjk!

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Re-inventando a batata nossa de cada dia!

Não sei na sua casa, mas aqui a galerinha é chegada numa batata, seja ela frita, purê, assada, cozida só com um salzinho, na salada...
Hoje estava pensando o que iria fazer com minha leguminosa e inventei essa receitinha:

1) Pré cozinhe batatas já em fatias (aqui eu usei 4 batatas tam. grande), até que se espete o garfo e esteja macia, mas sem quebrar.

2) Misture um pacotinho de sopa instantânea sabor queijo, com uma colher de sopa bem cheia de manteiga!



É essa mesmo!!! Tire as torradinhas antes!!
(Adoro essa sopinha!! Ela é muito versátil...Outro dia inventei um arroz com milho verde, ervilha, presunto picadinho, creme de leite e a sopinha sabor champignon, que é meu preferido... Arrasei!!)










Se fizer, me conta!

sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Lição 20 – Alcançando a vitória....


Leitura Bíblica: I Pedro 5:10-14


Do sofrimento emergem as almas mais fortes, o caráter mais sólido é marcado por cicatrizes. Alma forte e caráter sólido – qual o cristão que não almeja por estas características? Mas essas qualidades são frutos do sofrimento, que muitas vez dói, é desagradável, é indesejável, mas sabemos que resultados positivos são forjados no fogo e na chama do sofrimento.
- Analisar nossa vida nesse ano, como será que acabamos esse ano?

Nós temos duas opções diante do sofrimento, da luta: 
1) murmurar, reclamar, chorar  
2) crescer em fé

Cada vez que minha fé é provada, Tú me dá a chance de crescer um pouco mais...As montanhas e vales, desertos e  mares que atravesso me levam prá perto de Ti..♩♫


Parece coisa de maluco, achar que o sofrimento faz bem, quando o mundo prega o contrário, mas as lutas, verdadeiramente, forjam nosso caráter, nos tornam mais fortes e avivam nossa fé!!

Recordando o que Pedro disse no cap 1:6 = nossa luta durará um breve tempo. 
Tem hora pra começar e hora prá acabar!!

Cap 5:10 = aperfeiçoa, firma, fortifica e fundamenta
Deus é uma força contínua de coragem e confiança!!
Lembre-se: nós venceremos o sofrimento. (vers 10) depois (João 17:33) Já é vencida toda a dor, toda a aflição, luta...tudo durará um breve tempo!!

O Deus de toda a graça nos ajudará a suportar tudo o que tivermos de passar!!
A graça de Deus será nosso sustento!

“Graça é amor infinito expressando-se em infinita bondade”

Encerramos esse estudo ressaltando o tema dessa epístola, que é “sofrer por praticar o bem”.

Pedro nos ensina que na vida precisamos de paz, paz para resolver todos os tipos de problemas que vem sobre nós, muitas vezes, nossos maiores sofrimentos vem das mãos dos outros, e nos tentam à ceder a discórdia, ao desentendimento, também nosso sofrimento pode vir por causa de questões pessoais que nos causam medo, pânico, receio, dúvida, perturbação de espírito, assim como causou na vida dos cristãos mencionados nesta epístola, por isso Pedro declara sobre a nossa vida Paz!

Deixe de lado sua tendência a entrar em pânico... 
Descanse na presença de Deus! 

Deixe de lado sua tendência para se apavorar...
Confie na sabedoria e nos caminhos de Deus!

Deixe de lado sua tendência para a apreensão...
Aceite os caminhos de Deus! 

Deixe de lado sua tendência para o nervosismo...
Reconheça que Deus está no controle!

João 14:27 = Pedro nos transmite a essência das palavras pessoais e finais que Jesus dissera a ele e aos outros discípulos quando estavam prestes a enfrentar o sofrimento: 

“Paz seja com todos vós que estais em Cristo” Amém.

Que a verdadeira paz de Cristo Jesus , a paz que excede a todo entendimento possa estar sobre cada uma de nós!


Que este estudo possa ter edificado sua vida, como sei que edificou a vida das minhas irmãs que estiveram ali presente, todas as tardes de quinta, com chuva, com sol.
Sei que mais o Senhor tem para nós!!!

Deus abençoe sua vida!!



Lição 19 – Alcançando a vitória...


Leitura Bíblica: I Pedro 5:6-9
Na lição anterior, vemos que como um exército, precisamos estar unidos num só propósito de obediência, de humildade, de submissão...
Nesta lição, veremos que devemos conhecer o inimigo para vencer a batalha.
Pedro nos orienta como nos comportar diante das situações, ele diz que devemos ser totalmente submissos ao Senhor, humilhando-se diante de Deus, ou seja, aceitando a disciplina e correção, sujeitando-se aos seus cuidados e sua proteção. Devemos nos humilhar mesmo em meio à perseguição, porque Deus vai exaltar todo aquele que se humilha perante Ele. A exaltação pode ocorrer tanto nessa vida como na eterna, será no tempo de Deus, mas ela vai acontecer!
Pedro diz que devemos resistir bravamente ao diabo, pois ele tenta os crentes a mentir, a ter pecados sexuais, acusa, difama, ele fica lançando suas setas, armando ciladas, para ver quem cai, mas devemos ficar firmes, ainda que coisas assim venham sobre nós, porque não é só conosco que vai acontecer isso, e sim com todos aqueles que estão em Cristo, sabendo que Deus cuida de nós!! Não estamos sozinhos nessa guerra, Jesus está conosco!!!
Somos comparados a soldados de Cristo, e nossa guerra, nossa batalha é contra o pecado. 


Deus abençoe sua vida e lembre-se que este estudo está sendo postado em forma de esboço!

Lição18 - Cingindo a toalha...


Leitura Bíblica: I Pedro 5:1-5

Os leitores dessa carta de Pedro estavam sofrendo oposição externa, de perseguição, de lutas. Pedro sabia que só a união deles, os tornaria fortes o bastante para vencer as batalhas, ele orienta a igreja para que permanecessem unido em batalha espiritual.
Pedro fala a 3 grupos de pessoas: os anciãos, os mais jovens  e toda a igreja, para que um fosse submisso ao outro.
Aos anciãos (líderes), que mantivessem sua liderança mesmo em tempos difíceis, sem renúncia, sem desistir, sendo fiéis ao seu chamado, sempre sendo exemplo para o rebanho
Aos jovens, que fossem submissos (com boa vontade) aos mais velhos, e enfim, à toda à igreja, que se cingissem de humildade uns aos outros. Essa palavra “cingir-se” se remete à João 13:4-5, quando o próprio Jesus, cinge sua toalha e lava os pés dos discípulos.  Devemos sempre estar à disposição do outro! . Há uma tendência de o jovem não querer ouvir o mais velho e o mais velho ao jovem. Lembre-se : a humildade precede a honra (Prov. 15:33)
É como no Exército, sem a cooperação e obediência, e submissão, não se vence uma guerra.

Que Deus te abençoe!!
Lembre-se: este estudo está sendo postado em forma de esboço!!



quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Pão de Queijo!!

Esse é campeão aqui em casa!
Compro a mistura pronta da Yoki, (não ganho nada com o mershand!!) sigo o modo de fazer da embalagem e acrescento 150g de queijo parmesão!







E com um cafezin fresco, é tudi bão!!!!

Bjk!

Brownie...

Fazia tempo que eu queria fazer Brownie...
A primeira vez que fiz, foi no café da manhã que preparei pra minha filhota no níver dela, mas foi com uma receita pronta, dessas de mercado, adorei o resultado.
E hoje, andando pelos blog`s..me deparei com essa e achei tão fácil que resolvi testar! Duas blogueiras testaram a mesma receita, a Camila e a Calíope.



A receita é essa mesmo, poucos ingredientes e não vai fermento!!!
O modo de fazer está no blog da Camila!!
Eu bati na mão mesmo (preguiça!!) e no meu forno ficou 30 min.
Acrescentei umas nozes que sobraram do natal, e ficou muito bom!
Adoro bolos recheados, e como essa receita fica meio molhadinha, parece um bolo, mas parece recheio..hahahaha!!!


Faz aí!!

Moqueca..




Hoje é dia de feira aqui perto e geralmente compro peixe de quinta.
Adoro peixe, de qualquer jeito... Essa moqueca ficou demais de boa!!
Foi meu almoço hoje!!
É uma receita simples e rápida de fazer.
Se você não tiver uma panela de barro, faz na comum mesmo.
A minha eu comprei na estrada...

Bjk e bom apetite!

quarta-feira, 11 de janeiro de 2012



"Porque Deus amou o mundo de tal maneira, que deu seu filho unigênito, 
para que todo aquele que Nele crê, não pereça, mas tenha a vida eterna!" 
João 3:16

You are what you eat!




Jesus, o pão que alimenta!!

sábado, 7 de janeiro de 2012

PAP wrappers e bandeirolas....


Esses wrappers fiz com cartolina! Até tinha comprado uma forminha para assar os cup`s bem bonitinha, azul e branca, combinando com o tom da mesa, mas depois que assei os cup`s, elas não ficaram legais...e já era tarde, não dava pra ir comprar pronta, o jeito foi improvisar!! 
Pequei um que tinha em casa, usei como molde e mandei ver na tesoura!!


As bandeirolas, que eu acho o máximo, imprimi os nomes, recortei, colei em círculos de papel dobradura ou glacê  e colei nos triangulos de papel A4...é esse mesmo que usamos para imprimir textos...
Furei e passei fitilho e de longe, deu um efeito super legal!!!

Não precisamos gastar rios de dinheiro para fazer algo legal...é só usar a imaginação...e quem não tiver imaginação, o google sempre dá uma mãozinha!!!

Beijo e comemore!! A vida é muito curta para não fazermos dela uma festa!!


Veja as guloseimas da festinha no meu blog comercial !

quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

Café da manhã gostosinho!!!


O Brownie, eu fiz usando um pacote de massa pronta para petit gateu/brownie da marca Fleischmann!
Acrescentei umas avelãs e ficou divinamente divino!!

Meus filhotes fazem aniversário perto, (5 dias de diferença!) e como a festinha deles será nesse find, no dia do aniversário eu preparei um café da manhã bem gostoso com tudo o que eles gostam!!
Tudo simples, mas eles amaram!!
Acordei bem cedinho, preparei todas as coisas,
e ver a carinha de alegria deles, não tem preço!



 A receita da panqueca doce, tipo americana está AQUI !



O café da minha filha foi surpresa, ela faz primeiro que ele!! É claro que eu iria fazer para ele também, mas ele foi direto: "Mãe, no meu café da manhã de aniversário eu quero panqueca,
pão de queijo, suco de soja!"
Pedido feito e missão cumprida!!

Uma idéia simples que surpreende!!
#ficaadica!